12/09/2017 COMÉRCIO INTERNACIONAL

Setor brasileiro de aves e suínos é representado em evento na China

ABPA, em parceria com Apex-Brasil, realiza ação em prol das exportações

O vice-presidente de mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), Ricardo Santin representará o setor de aves e de suínos do Brasil durante o International Import and Export Food Policy, Laws and Regulation Summit, um fórum paralelo especial com autoridades de órgãos reguladores do Governo Chinês, durante o China International Food, Meat and Aquatic Products Exhibition (FMA 2017), em Cantão, capital da província chinesa de Guangdong. Em sua participação, Santin reforçará o interesse brasileiro em manter os atuais níveis, complementando espaços não ocupados pelos produtores chineses.

Ricardo-Santin-abpa-divulgacao

Santin representará a ABPA na ação em parceria com a Apex-Brasil na FMA que acontece entre 19 e 21 de setembro (Foto: divulgação)

Paralelamente, a ABPA realizará uma ação institucional na FMA.  Na iniciativa, realizada pela assistente de promoção comercial da associação, Nayara Dalmolin, serão distribuídos materiais promocionais, com informações sobre a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da avicultura e da suinocultura do Brasil, além de informações sobre as empresas exportadoras de aves, suínos e ovos do País. 

“Nosso objetivo é reforçar o Brasil como um parceiro sólido pela segurança alimentar da população chinesa. A qualidade de nossos produtos e o fato de nunca termos registrado focos de Influenza Aviária em nosso território nos credencia como fornecedores altamente confiáveis. Queremos renovar esta confiança que construímos com o mercado chinês, que hoje figura entre os três maiores importadores de aves e de suínos do Brasil”, ressalta Santin.

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe feed&food.