10/12/2020 PASTAGENS

Benchmarking da Cargil auxilia produtores

Análise de dados a pastos potencializa melhoramento de resultados

Natália Ponse, de casa

natalia@ciasullieditores.com.br

 Em Jaú do Tocantins (TO), a Fazenda Camarinha apresentava como principal dificuldade em gestão a distância entre a propriedade e o local onde ficava o maior volume de rebanho, o que acabava refletindo em números inconsistentes e processos de tomadas de decisão míopes. Também na região Norte do Brasil, no Sul do Pará, a Fazenda Água Fria tinha como desafio coletar informações do rebanho e saber como estavam os índices da produção em relação ao mercado nacional.

"Decidimos focar na gestão dos dados para aumentar a taxa de lotação da fazenda, com investimentos que permitem não cair tanto a lotação da propriedade no período de seca", pontua o proprietário da Água Fria, João Carlos Guimarães Giffoni Filho. A propriedade trabalha com ciclo completo de criação de gado comercial e seleção de Nelore PO a pasto desde 1970, e atualmente comercializa 900 touros por ano. Na pastagem, conta João Carlos, a aposta foi em adubação e integração lavoura-pecuária.

"Não se gerencia o que não se mede", pontua o líder Comercial de Soluções Digitais para Ruminantes na Latam Sul da Cargill, Pedro Fonseca, citando o engenheiro norte-americano e consultor de gestão, Edwards Deming. "É esta cultura de medir, estabelecer metas e tomar decisões na busca de melhores resultados que impacta na consistência e sucesso de qualquer organização", complementa. Tanto a Nelore Água Fria quanto a Fazenda Camarinha integram o Benchmarking de Pasto da Cargill.

Confira a matéria completa na edição de dezembro da f&f clicando aqui.