09/02/2018 PROJETO

Dirigentes, conselheiros e associados são alvo da educação cooperativista

Instituições precisam ser eficientes para manterem competitividade no mercado

As cooperativas precisam ser eficientes e competitivas como as empresas mercantis para se manterem no mercado. O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop, São Paulo/SP) vinculado à Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc, Florianópolis/SC), constituído em 1999, tem focado na busca da profissionalização da gestão das cooperativas para atendimento das exigências do comércio, além de contribuir para o aprimoramento do processo de planejamento estratégico e participativo.

Sescoop é uma entidade integrante do “Sistema S”, mantida com recursos de natureza pública com gestão privada que organiza, administra e executa o ensino de formação profissional e a promoção social dos dirigentes, do quadro funcional e dos cooperados.

coop_feedfood_reproducao

Sescoop busca priorizar o quinto princípio do cooperativismo mundial: educação, formação e informação (Foto: reprodução)

Em 2018, mais de 37 milhões de reais serão investidos pelo Sescoop, tendo seus principais programas situados nas linhas de formação e capacitação profissional como promoção social, monitoramento e desenvolvimento de cooperativas ações centralizadas, ações delegadas, auxílio educação, programa Cooperjovem etc.

Dirigentes, conselheiros, associados e suas famílias são o público-alvo da educação cooperativista que tem como matéria-prima do conhecimento todos os temas da atualidade, desde a doutrina, a legislação, o mercado, a economia nacional, até os desafios da transnacionalização da economia e da competição global, passando pela inovação e atualização tecnológica, aperfeiçoamento profissional dos cooperados entre outros.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.